Escolas Sob Pressão





Ontem, ao ver o Prós e Contras,  da RTP1, cuja hiperligação do programa na RTP Play partilho com o leitor, senti reiteradas algumas das minhas ideias anteriormente escritas aqui.

Um programa sem variáveis definidas, com traços de egos inflamados, poucas verdades e experiências pouco diversificadas, por parte dos intervenientes
Aparentemente, pelo que concluí, a violência nas escolas é uma utopia. Os programas desajustados dos níveis etários dos alunos nem mereceram destaque. Em suma, um programa que procurou alimentar A Máquina. Entretanto, continue-se a bajular muitos dos diretores capazes de dizimar os órgãos dos colegas e a abnegar a realidade.

O meu louvor ao colega, antigo diretor de uma escola TEIP, que sem vergonha relatou situações de violência por si vividas e que muitos dos colegas, naquele cargo, fingem não ver nem ouvir.

Não sou a favor de certificados de mérito e excelência pelo que tenho dificuldade em entender o que se entende por "professor do ano". 

Um painel sem Paulo Guinote, Raquel Varela e Santana Castilho é pouco mais do que nulo e suspeito.

Comentários