Avançar para o conteúdo principal

Sabores

Da Netflix à Apple+ : um novo paradigma?


Entre nós, há uma nova plataforma de streaming: a Apple Tv e respetiva APP.

Com uma mensalidade que ronda os €5, à semelhança da HBO Portugal, nesta, alguns filmes e programas podem ser alugados. Neste momento, ao aceder à Apple +, constato que Scooby-Doo The Movie (2002) pode ser comprado por €9,99.



O período experimental é de 7 dias.
Embora ainda não detenha muitos pormenores, no atinente às diferenças entre a APP e Apple TV, os conteúdos transmitidos têm elevados padrões de som e imagem, o que nem sempre sucede na concorrente citada, ainda sem oferta em 4K. Já na Netflix, a qualidade de som e imagem difere nos planos propostos, com valores entre os €7,99 e €13,99. Por outro lado, na Prime Video, por uma mensalidade que ronda os €5, encontramos conteúdos em 4K e com HDR, num catálogo ainda pouco vasto. 

Em simultâneo, a TV "por Cabo", parece vir a desagradar-se com os anos. No nosso caso, os canais premium de cinema deixam muito a desejar quando comparados, por exemplo, com os da espanhola Movistar, para não referir os de outros países. "Oferecem" cerca de metade dos canais que apregoam, uma vez que quase todos têm sinal SD e HD, em simultâneo, as séries e filmes repetem-se, não havendo lugar ao alternativo. Até os canais de música tem vindo a entrar neste processo, sem vencer plataformas como Spotify ou YouTube Music. O denominador comum entre todas as variáveis: um preço a pagar por uma mensalidade. Relativamente ao cancelamento do contrato, as operadoras de tv por assinatura, presentes no nosso país, são as que mais entraves oferecem. Em todos os outros casos, basta aceder à APP e cancelar o pagamento. 

Para o início do próximo ano está prevista a chegada de outra plataforma de sreaming, por parte da Disney.
O nosso poder económico permite abraçar tanta diversidade, pautada pela diferença ou complemento de conteúdos, ou será esta uma nova forma de distinguir as classes sociais?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Afastamento dos Professores do Ensino

Amor Marginal

O Professor está a dar cabo de mim

Pelo que ao ler, não deixe de abrir as hiperligações.

Ao longo dos anos, a vida de professor tem-se revelado “stressante”, associada a percursos deambulantes, com propósitos dúbios. Assim induz um Ministério insensível, intolerante, inerte, incapaz e desatento à saúde dos seus atores. Os dias de tranquilidade parecem não se avistar, tal é Esta Vida de Marinheiro. Por vezes, por forma a avaliar o nosso humor, já que os deuses devem estar loucos, há Azar na Praia.
A vigilância de exames é uma das minhas aventuras intermináveis. O mutismo forçado e a postura “hirta”, sem nada de estimulante, qual Amocha Maria. A ansiedade instala-se, pois ver alunos em sofrimento, sem nada poder fazer não me é fácil. Dias em que. Não tem Talo o Grelo.
Naquela manhã, o calor fazia-se sentir, adivinhando-se não encontrar quem dissesse: “Eu Descasco-lhe a Banana”. Após o duche, decidi vestir uns calções confortáveis, aparentemente adequados, apesar de ter emagrecido. Ao sair de casa, já atrasado, eis que a min…