Aqueles pássaros não se calam

Desafio de Escrita dos Pássaros #12

Imagem de Łukasz Dyłka por Pixabay



Atualmente, não obstante, a facilidade na procura de factos e conhecimentos, a “verdade” parece despojada de ética e princípios basilares. Nem todas as verdades são absolutas, mas algumas deambulam ao sabor de interesses que perigam a evolução do Homem e da sociedade.


Muitos pássaros não se calam, enquanto entram nas nossas casas, na forma de vozes ou escritos. São hediondos ou verosímeis. Pretendem moldar a nossa forma de pensar e estar. Ao sabor de interesses económicos ou políticos relatam constatações, as suas, as quais requerem, da nossa parte, reflexão crítica. Simultaneamente, algumas redes sociais disseminam outras sementes capazes de nos remeter ao caos. Urge indagar, antes de beber o néctar que nos é oferecido por muitos dos pássaros que não se calam. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Professor está a dar cabo de mim