Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós

Desafio | Um Pouco Sobre Mim

   A convite da Mula, eis-me a responder ao desafio "Um Pouco Sobre Mim".

 

A little bit about me

 


1 - Oferecem-te uma viagem no tempo que não podes recusar. Que época escolherias?

 

A Renascentista. Quase tudo nela encanta-me.

Vamos sair da Idade das Trevas rumo à da Luz?

 

2 - Um filme que te arrependes de ter visto?

 

"Recordações da Casa Amarela". Como posso ter gasto dinheiro para ver obra tão horrenda e de uma lentidão exagerada...

 

3 - Fotografar ou ser fotografado?

 

Fotografar, para assim eternizar olhares e brincar com a luz.

 

4 - Se tivesses obrigatoriamente de apagar o blog amanhã, qual seria o título do último post?

 

"Mudança". Isto porque é um fator da vida presente e que não se pode/deve abnegar.

 

5 - Tens [ou já tiveste] alguma celebridade que consideres como o teu ídolo?

 

De criança a jovem adulto, Madonna foi a minha fonte de inspiração, pois sempre esteve à frente dos tempos, com características subversivas. Depois, comecei a perceber o quanto é importante valorizar-nos e alguns dos meus professores adquiriram destaque.

 

 

 

6 - Uma saída com amigos: discoteca até de madrugada ou jantar e ficam todos em casa a conversar?

 

Jantar pois valorizo as interações sociais que valorizam o olhar e a troca de ideias. Mas tudo com música à mistura, claro.

 

7 - Qual foi a frase que alguém alguma vez te disse e que nunca esqueceste [não precisa de ser profunda, há frases que simplesmente nos ficam na cabeça]?

 

"Tudo passa". Embora nem sempre compreenda...

 

 8 - Quando estás no carro ouves rádio ou escolhes a música que queres ouvir?

 

Quase sempre ouço rádio. A música é inesperada, fico informado e há interação com o ouvinte. 

 

9 - Se pudesses voltar atrás no tempo e dizer alguma coisa que ficou por dizer [porque só te lembraste depois, é o que acontece sempre], o que dirias?

 

Como sou frontal, pouco há o que tenha ficado por dizer. Algo que muito me aliviou perante repentina e sofrida partida do meu pai. Nada como a consciência tranquila. Porém, há alguns pedidos de desculpa pendentes...

 

10 - Se pudesses conhecer mais alguém da blogosfera, através deste método, quem desafiarias? 

 

Por este método ou não, espero que este desafio seja levado avante pelo Triptofano, os rapazes João e Luís Jesus, o  Ismael, o António do Ó e O Meu Maior Sonho

 

 

Um quadro, Aquele olhar

20170901_O meu quadro pela Saal Digital

 

   Um fim de tarde, em Espinho, perante uma majestosa tempestade que perante mim se formou.

Um click para recordar as nuvens e o oceano, seguido de muitos outros, até que as lágrimas de um céu bandido, dotado de armas mortíferas insultou-me, impedindo-me de lá continuar. 

 

   A empresa Saal Digital permitiu-me eternizar um dos meus olhares, através da criação de um quadro de decoração. Com  o software disponibilizado no sítio eletrónico, pude escolher o fundo desajado, dimensões, posição da fotografia...

 

   Experimente.

Lá, pode ainda criar álbuns digitais, posteres e produtos de fine art.

Série Mar de Plástico

Mar de plástico da Antena 3

 

 

   Mar de Plástico é uma série Espanhola, que se desenrola em 2 temporadas, da Antena 3, que podemos ver na Netflix. Sem dúvida, uma das minhas preferidas, nas férias de verão.

 

   Mistério, crime, psicopatas, diferenças culturais, tráfico humana e droga são ingredientes que se misturam numa série que por vezes recorda Twin Peaks, dos anos 90.

Tudo começa quando, ao ligar o sistema de rega das estufas, ao invés de água límpida é projetada água com sangue de origem desconhecida. Mais tarde, no tanque da água, descobre-se a cabeça cortada de uma rapariga desaparecida...

Muitos são os suspeitos, sobretudo aqueles que nos ocorrem na nossa mente até ao último episódio da 1.ª temporada. Da 2.ª temporada fazem parte cenas mais ousadas e uma trama que continua muito bem organizada e sustentada. Uma vez mais, voltamos a ficar surpreendidos com o criminoso e... nunca sabemos quem será a próxima vítima. 

   Um aspeto interessante, é o destaque dado às minorias que povoam o país vizinho e à sua convivência; o que não deve diferir muito do nosso país. 

 

Veja os trailers.

O tema musical Strange World

 

 

1427592464597o4

 

 

  Esta música, quando lançada, foi de encontro à minha forma de sentir e estar. Não que muito tenha mudado. Porém, naqueles tempos, sentia-me sufocado e com tantas perguntas sem resposta... Dava entrada no mundo da mentira, traição e competição.

De início, desconhecia o videoclip. Com a instalação da parabólica, que então possibilitou-me a entrada noutras culturas e soniridades, provavelmente no então alemão Viva (ou Viva II ) deparei-me com nova projeção do meu ser. Simples, o videoclip de Strange World vai ao encontro, ainda (!), dos nossos dias.

 

O que pensa a respeito desta música/videoclip?

 

 

O videoclip original

 

 

Quase uma década depois, os HIM realizaram um cover deste tema, o qual não é do meu agrado, mas...

 

 

 

A letra 

Pág. 3/3